quinta-feira, 30 de junho de 2011

EUA querem nave interestelar dentro de cem anos

Procura-se um projeto de nave interestelar cuja construção seja viável nos próximos cem anos.


Qualquer pessoa com uma ideia de como fazer isso acontecer - ou alguma objeção ética ou religiosa para não fazê-lo - tem até o dia 8 de julho para apresentar sua proposta.

O 100 Year Starship Study - estudo para uma espaçonave em 100 anos, em tradução livre - está sendo promovido pela Agência de Projetos de Pesquisa Avançados dos Estados Unidos (DARPA)

Aonde ninguém jamais foi antes

O objetivo é explorar e pesquisar "todas as questões ligadas aos voos espaciais de longa distância e de longa duração."

Autores de ficção científica, engenheiros e biólogos trocaram ideias durante um simpósio preliminar realizado em Janeiro deste ano.

Durante o evento, o geneticista Craig Venter teria sugerido uma solução bem pouco emocionante para os candidatos a exploradores espaciais: enviar DNA humano fragmentado para remontagem em outro planeta.

Não consta que ele tenha indicado quem, ou o que, faria essa remontagem.

Será feita uma seleção dentre as novas ideias agora apresentadas, que serão discutidas em um simpósio a ser realizado, em Orlando, na Flórida, em setembro.

Fonte:
Inovação Tecnológica

Preso pastor evangélico que abusava da filha e enteada

Policiais da Gerência Estadual da Polinter (Polinter) prenderam, na manhã desta quinta-feira (30), Antônio Bezerra da Silva, o “Pastor Bezerra”, 37, que está com a prisão preventiva decretada sob acusação de abusar sexualmente da filha de 11 anos e da enteada de 14.


A prisão ocorreu no final da manhã, no bairro Alvorada, na Capital, no lava-jato de sua propriedade.

Segundo a Polícia, Pastor Bezerra responde pelo crime de estupro de vulnerável, uma vez que as vítimas têm menos de 18 anos, sendo uma dela, de 11 anos.

A prisão foi decretada após investigação realizada pela Delegacia de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica) da Capital.

O caso veio à tona após as duas vítimas contarem para a mãe e esta procurou a Delegacia. Os policiais, então, começaram a ouvir o relato das meninas, que contaram detalhes do abuso. Com isso, a delegada Liliana Murata solicitou a prisão do pastor.

Após a denúncia, Antônio negou ter praticado qualquer ato e virou pastor de uma igreja evangélica. Nessa época, ele já era proprietário de uma lava-jato.

Os policiais informaram que as duas meninas estão recebendo assistência psicológica.

Fonte:
Midia News


E há pessoas preocupadas com a possibilidade de que a homossexualidade seja uma porta para pedofilia.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Por que as pessoas não acreditam em Deus?

Por que as pessoas não acreditam em Deus?

Por que as pessoas não acreditam em unicórnios?

Bem, porque eles não são reais

E você diz isso baseado em quê?

Ninguém nunca viu um!

Então você está dizendo que é preciso VER para acreditar?

Não estou dizendo isso! De qualquer forma, se quer prosseguir nisso, como ninguém achou ossos de unicórnios?

Hmm! Ok! Agora você diz que é preciso EVIDÊNCIA FÍSICA para acreditar em algo? Cadê a fé?

Não existe fé quando se trata de unicórnios! É uma coisa de livros pra crianças, pelo amor de Deus!

Então você diz que não devemos acreditar em coisas que existem somente em livros de ficção?

SIM! além disso, se unicórnios REALMENTE existissem, algum biólogo já teria publicado algo sobre eles

OK. Vamos revisar mais uma vez. Você diz que, para alguém acreditar que algo existe nós precisamos de: 1) Evidência Factual; 2) Evidência Física; 3) Evidência Científica; 4) Todas essas evidências tem que vir de algum lugar que não um livro. Eu acho que agora você entende porque algumas pessoas não acreditam em Deus.


O caso é bem familiar...


Fonte:
Novo Mundo

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Deputada Myrian Rios desabafa: "Homossexualidade é uma porta para a pedofilia."

Em um discurso esta tarde, 27/06, contra a PEC 232007 (uma espécie de PL 122 do Rio) A deputada Myrian Rios diz que o privilégio dado aos homossexuais por esta lei, será uma porta para a pedofilia, por permitir que pessoas com diferentes orientações sexuais convivam em igualdade.



Dizer que não é preconceituoso, e logo em seguida afirmar que demitir uma pessoa por causa de sua orientação sexual, mesmo que isso não atrapalhe no desempenho profissional, não faz muito sentido...

E usar palavras da bíblia para afirmar uma posição sua em relação a decisões governamentais de um estado laico, não é argumento para um politico que representa pessoas de diferentes crenças.

Deixaremos os filhos da deputada aos cuidados de alguns padres, talvez ela mude de idéia a respeito...

domingo, 26 de junho de 2011

Asteroide passará raspando pela Terra nesta segunda-feira

Identificado um asteroide que vai passar de raspão no nosso planeta - o 2011 MD, que possui cerca de 15m de diâmetro.


Ele deverá passar menos de 12.000 km acima da superfície da Terra em torno 13:00 EDT (17:00 UT) na segunda-feira 27 de junho.

O asteróide foi descoberto em 22 de junho por LINEAR, o Lincoln Perto - Earth Research Project.

Estão surgindo especulações de que este asteróide na verdade seria lixo espacial, um estágio de foguete que havia entrado em órbita do Sol.

Pasquale Tricarico, pesquisador do Planetary Science Institute, postou em seu site no último dia 23 de junho quatro animações que mostram a geometria da passagem do Asteróide 2011 MD pelas proximidades da Terra.

http://orbit.psi.edu/~tricaric/2011MD.html

É interessante notar que ele vai chegar mais perto do que os satélites GPS.

Fonte:
http://www.skyandtelescope.com

Marcha para Jesus vira ato contra união homoafetiva

A 19ª edição da Marcha para Jesus, uma das maiores manifestações religiosas do planeta, se transformou em um ato de afronta ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ameaças aos políticos por parte de lideranças evangélicas. Apesar dos esforços dos organizadores para restringir o enfoque a temas religiosos, assuntos como a união civil de pessoas do mesmo sexo, homofobia e legalização da maconha acabaram dominando os discursos de alguns líderes religiosos.


"A marcha não deixa de ser um ato político", resumiu o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), ligado a Igreja Universal do Reino de Deus. O discurso mais radical foi do pastor Silas Malafaia. Com palavreado vulgar, usando termos como "otário" e "lixo moral", Malafaia atacou duramente a decisão do STF de legalizar a união estável entre pessoas do mesmo sexo. "O STF rasgou a Constituição que, no artigo 226, parágrafo 3º, diz claramente que união estável é entre um homem do gênero masculino e uma mulher do gênero feminino. União homossexual uma vírgula", disse o pastor.

Na sequência, Malafaia passou a atacar a decisão do STF de liberar as marchas da maconha no Brasil.
"Amanhã se alguém quiser fazer uma marcha em favor da pedofilia, do crack ou da cocaína vai poder fazer. Nós, em nome de Deus, dizemos não."

A multidão, estimada pela Polícia Militar em 1 milhão de pessoas - e pelos organizadores em 5 milhões - foi ao delírio e respondeu com gritos de "não, não" com os braços levantados para o céu.
Malafaia ameaçou orientar seus fiéis a não votarem em parlamentares que defendem o Projeto de Lei 122/2006, que criminaliza a homofobia no País. "Ninguém aqui vai pagar de otário, de crente, não. Se for contra a família não vai ter o nosso voto", ameaçou.


O pastor defendeu a desobediência por parte de pastores caso o PL 122 seja aprovado. "Eles querem aprovar uma lei para dizer que a Bíblia é um livro homofóbico e botar uma mordaça em nossa boca. Se aprovarem o PL 122 no mesmo dia, na mesma hora, tudo quando é pastor vai pregar contra a prática homossexual. Quero ver onde vai ter cadeia para botar tanto pastor."

Malafaia classificou como "lixo moral" as pessoas que questionam a interferência das igrejas em assuntos do governo e, embora tenha dito que não tem objetivo de instaurar um estado evangélico no Brasil, "os países mais práticos e as democracias mais evoluídas do mundo tem origem no protestantismo".

O apóstolo Estevam Hernandes, da Igreja Renascer, organizador da marcha, reafirmou o caráter estritamente religioso do evento e disse que manifestações como as de Malafaia e Crivela são opiniões pessoais. Apesar disso, admitiu ser contra o "casamento gay" e a liberação da maconha. Questionado por um repórter sobre o qual fator pesa mais na desagregação da família, o homossexualismo ou o crime de evasão de divisas, pelo qual foi condenado a pena de 140 dias de prisão nos EUA, o apóstolo mudou de assunto.

Fonte:
Último Segundo

Ditadura evangélica? Graças a Zeus, não deixaremos a religião regredir nossa sociedade a este ponto.

sábado, 25 de junho de 2011

Religião é inofensiva? Conheça o ritual sangrento da Ashura

Em 680 d.C., o imã Hussein, neto do profeta Maomé, foi morto em Kerbala, centro do Iraque. Os xiitas celebram a data se flagelando com facas e espadas durante a comemoração da Ashura para lembrar o sofrimento de Hussein. A partir da morte do imã, os xiitas passaram a formar um ramo separado do Islamismo, uma vez que acreditam que o Islã deveria ser governado por descendentes de Maomé.



Os xiitas participantes cortam-se com navalhas, facas e espadas para ficarem cobertos de sangue e saem as ruas batendo com suas mãos contra o peito e gritando cânticos religiosos.





Durante o ritual, algumas crianças são torturadas pelos próprios pais. São feitos cortes com navalhas em suas cabeças em sinal de "respeito".


Em 210, o evento foi precedido por ataques terroristas. Dois homens-bomba sunitas detonaram seus explosivos perto de uma mesquita xiita no sudeste do Irã, matando pelo menos 39 pessoas. Os sunitas locais, do Sistão-Baluquistão, desejam separar a província do país.

No Iraque, bombas mataram dois peregrinos xiitas que se dirigiam para lugares da celebração. No Paquistão, país de maioria sunita, 16 pessoas foram feridas, duas de maneira crítica, quando um agressor jogou uma bomba contra uma procissão.


E há quem diga que religião não prejudica as pessoas.
Alguns, além de fazer destas crenças o único motivo de viver, interferem na vida de quem ainda não consegue fazer suas próprias escolhas.

Evitei colocar imagens sangrentas, inclusive de crianças sendo feridas, em respeito a quem possa se sentir desconfortável com cenas deste tipo. Mas caso esteja disposto, pode conferir mais em:

http://blogs.estadao.com.br e http://issoebizarro.com

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Líder batista afirma que a Igreja tem mentido sobre a verdadeira natureza da homossexualidade: “Fazemos homofobia”

O pastor Albert Mohler, presidente do Seminário Teológico Batista do Sul dos Estados Unidos e figura muito respeitada dentro e fora da denominação, disse no último dia 15 de junho, que os Batistas do Sul precisam se arrepender de uma “forma de homofobia” que mantém gays e lésbicas fora das suas igrejas.


A declaração de Mohler foi dada quando respondia a uma pergunta de um conhecido blogueiro batista, Peter Lumpkins (vídeo abaixo), sobre se eram verdadeiros os comentários atribuídos a ele num artigo publicado em 24 de Março no Christian Science Monitor. Naquela ocasião, outro pastor batista, Jonathan Merrit, escreveu que Mohler teria dito o seguinte: “Nós temos mentido sobre a natureza da homossexualidade e temos praticado algo que somente pode ser descrito como uma forma de homofobia”, e “nós temos usado a linguagem da escolha quando está claro que a orientação sexual representa uma luta interna muito mais profunda e não meramente uma questão de escolha”.

Durante a recente Convenção anual dos Batistas do Sul (SBC – Southern Baptist Convention), o Pr. Mohler disse que “em nenhuma hipótese alguém de boa mente pode estar confundido sobre o que eu creio a respeito da homossexualidade”, porque ele já escreveu mais de 200 artigos sobre isso, mas “a realidade è que nós, como igrejas cristãs, não temos andado bem nessa questão”. Acrescentou que “os evangélicos, felizmente, têm falhado em seguir a trajetória liberal de mentir sobre a homossexualidade e sua pecaminosidade. Nós sabemos que a Bíblia claramente declara – não somente em versos isolados, mas na totalidade da sua apresentação e compreensão – o fato de que a homossexualidade não somente não representa o melhor de Deus para nós, como alguns tentam dizer, como também é pecado. Entretanto, nós como evangélicos temos uma história muito triste ao lidar com essa questão. Nós não temos falado a verdade, mas só a metade da verdade. Nós temos pregado a verdade bíblica, o que é importante, mas nós não a temos aplicado no sentido bíblico. Dizemos às pessoas que a homossexualidade é somente uma escolha quando é claro que é mais do que uma escolha. Isto não significa que seja menos pecaminoso, mas significa que não é algo que as pessoas possam simplesmente ligar e desligar. Nós não seremos pessoas do evangelho a não ser que entendamos que somente o evangelho do Senhor Jesus Cristo pode dar a uma pessoa homossexual qualquer esperança de ser liberta da homossexualidade”.

Mohler admitiu ainda que as igrejas não têm feito o seu trabalho, “já que existem aqueles que caíram na armadilha desse pecado e que estão sentadas entre nós”. Essas declarações deixaram o blogueiro Lumpkins “digerindo as informações”, já que o pastor Albert Mohler, por diversas vezes, se posicionou publicamente contra o casamento gay, a ordenação de pastores homossexuais e outros aspectos do que ele próprio chama de “normalizar o comportamento homossexual”, bem como chamou a iniciativa da Igreja Presbiteriana dos EUA em ordenar pastores homossexuais como “uma tragédia” e “um desastre teológico”. De qualquer maneira, a admissão pública de que existe um certo nível de homofobia dentro da igreja batista norteamericana, vinda de um líder dessa importância, deixou muita gente sem saber o que pensar.

Fonte:
O contorno da sombra
Gnoticias

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Evangélico radical prende filho em caixa por quase dois meses por ele ter usado celular

David Knelsen prendeu seu filho Johan (foto), de 21 anos, em uma apertada caixa de madeira por ele ter sido flagrado usando um celular. O rapaz ficou ali por seis semanas, até que um vizinho chamasse a polícia.


“Eu comia e dormia aqui”, disse o rapaz ao ser solto. “Fiz tudo aqui.” Na caixa havia garrafas cheias de urina.

Knelsen, um canadense radicado em Santa Cruz (Bolívia), é evangélico menonita, uma religião que faz uma leitura literal da Bíblia e por isso, entre outras coisas, condena o uso da tecnologia por acreditar que se trata de obra do Satanás.

No caso Johan, houve o agravante de que teria furtado três galinhas.

O pai disse à polícia que o filho sofre de transtorno mental, mas aparentemente, pelas imagens da Reuters, o rapaz é normal.

O movimento cristão religioso menonita surgiu na Holanda em 1496. Seu fundador foi Menno Simons. Houve entre os menonitas muitos atritos e eles se dividiram em várias seitas. Costumam vivem em colônias.

No Brasil, há menonitas desde 1930 -- muitos deles eram então de origem russa. A religião possui templos sobretudo no sul do pais. Aqui, somente uma minoria procura evitar a tecnologia, tanto que a igreja está na internet.




Fonte:
Paulopes

terça-feira, 21 de junho de 2011

Pastor garante que 'lipoaspiração divina' faz fiel perder peso

A promessa de emagrecimento rápido, sem exercícios, dietas ou cirurgias, está atraindo fiéis à Igreja Evangélica Ministério Brilho do Sol, no bairro Santa Lúcia, Duque de Caxias. Em panfletos distribuídos nas ruas e nos cultos, o pastor Ubiraci Xavier promete a perda dos quilos indesejados através da fé.


É possivel perder 5 quilos através da fé?

O pastor joga a responsabilidade do sucesso para o fiel. “Se esse for realmente o propósito de vida, ele será agraciado com o milagre de perder até cinco quilos em uma oração”, diz.

Na semana passada, várias mulheres, muitas acima do peso, participaram da pregação no templo, todas ansiosas para a cruzada de milagres, na qual o pastor pede a Deus, nos cultos, “que leve embora a gordura das fiéis”.

A promessa de milagre foi criticada pelo pastor Sérgio Seimanavicius, presidente estadual da Convenção das Assembléias de Deus e Igrejas Coligadas. “Isso não existe”, afirmou.

‘MUITA FÉ’

Ubiraci garante que o panfleto que promete emagrecimento imediato de até cinco quilos, através de ‘lipoaspiração divina’, não é estratégia para atrair novos fiéis e arrecadar dinheiro. “Nem pensei nisso. Até porque só emagrece quem tem muita fé”, disse, garantindo que, durante uma campanha de fé no Espírito Santo, uma fiel emagreceu cerca de 10 quilos.

Em culto na semana passada, após ficar como se estivesse em transe por alguns minutos, a confeiteira Vanessa da Silva, de 28 anos, disse que não emagreceu. “Senti alguns músculos mais rígidos”, disse ela, otimista.

Para pastor, promessa é conversa fiada

O pastor Sérgio Seimanavicius disse que a promessa de emagrecimento não deve ser levada a sério. “É apenas conversa fiada. Não há prova bíblica sobre esse milagre. Procure alguém que emagreceu assim para ver se você acha”, desafiou. Segundo ele, as pessoas deveriam fazer consultas bíblicas e procurar fundamentos em tudo o que é dito.

O professor de Antropologia da UFRJ, Emerson Alessandro Giumbelli, não se surpreendeu com o procedimento da igreja evangélica criada recentemente. Para ele, a proposta não difere muito dos pedidos de prosperidade, já muito anunciada em algumas igrejas evangélicas. “É uma tentativa de dialogar com algo que faz parte do imaginário, do popular. A igreja capta isso, jogando o psicológico para o espiritual”, disse.

Fonte:
O Dia

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Pastor evangélico é preso por abuso sexual infantil

Agentes da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Duque de Caxias, na Baixada, prenderam nesta segunda-feira, um pastor evangélico acusado de ter abusado sexualmente de meninas. Ele estava foragido da Justiça.


Segundo a delegada Alriam Fernandes, titular daquela unidade, o pastor também era professor da rede municipal de Caxias, e foi condenado à 12 anos de prisão pelo estupro de 4 meninas, entre 12 e 13 anos de idade, conforme processo, em 2006, dentro da sala de aula, na presença de alunos da escola em que trabalhava.

A prisão do acusado ocorreu próximo a residência onde moraram seus filhos. Ele foi condenado pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Duque de Caxias, Baixada Fluminense.

Fonte:
O Dia

Rabinos condenam cachorro à morte por apedrejamento

Um tribunal judaico de Jerusalém condenou um cão vira-lata à morte por apedrejamento, devido ao temor de que ele fosse a reencarnação de um advogado que insultou juízes da mesma corte, segundo apontam relatos.


De acordo com o site de notícias israelense Ynet, o cachorro entrou há algumas semanas no tribunal --composto por rabinos-- e não saiu mais de lá, o que fez um juiz lembrar de uma maldição imposta a um advogado secular, já morto.

Na ocasião, há cerca de 20 anos, os juízes do tribunal do bairro ultraortodoxo de Mea Shearim desejaram que o espírito do advogado entrasse no corpo de um cão --animal tido como impuro no judaísmo tradicional-- depois que ele proferiu insultos à corte.

Mesmo sentenciado à morte por apedrejamento, o cachorro conseguiu escapar do prédio do tribunal antes que a condenação fosse levada a cabo, afirma o Ynet.

Segundo relatos, um dos juízes do tribunal pediu às crianças da localidade que encontrassem o cachorro e executassem a sentença. Devido ao caso, uma organização de proteção aos animais registrou queixa na polícia contra uma autoridade da corte.

VINGANÇA

Segundo o site Ynet, o tribunal nega que os juízes tenham condenado o vira-lata à morte.

No entanto, um representante da corte disse ao jornal "Yediot Aharonot" que o apedrejamento foi ordenado como uma "maneira apropriada de 'se vingar' do espírito que entrou no pobre cão".

Os tribunais rabínicos (battei din) são investidos do poder de julgar questões religiosas em Israel e em algumas outras comunidades ultraortodoxas pelo mundo.

Fonte:
Folha.com

domingo, 19 de junho de 2011

Cientistas em busca da "Partícula de Deus". Entenda o experimento LHC

Atlas era um dos titãs da mitologia grega, condenado para sempre a sustentar os céus sobre os ombros. Aqui, Atlas é um dos quatro gigantescos detectores que faz parte do maior acelerador de partículas do mundo, o LHC.


LHC é uma sigla para "Large Hadron Collider", ou gigantesco colisor de prótons. Parece difícil exagerar as grandezas desse laboratório construído a 100 metros de profundidade, na fronteira entre a França e a Suíça. A estrutura completa tem a forma de um anel, construída ao longo de um túnel com 27 quilômetros de circunferência.

As partículas são aceleradas por campos magnéticos ao longo dessa órbita de 27 Km, até atingir altíssimos níveis de energia. Mais especificamente, 7 trilhões de volts. Em quatro pontos do anel, sob temperaturas apenas levemente superiores ao zero absoluto, as partículas se chocam, produzindo uma chuva de outras partículas, recriando um ambiente muito parecido com as condições existentes instantes depois do Big Bang.

Nesses quatro pontos estão localizados quatro detectores. O Atlas é um deles. Assim como o segundo detector, o CMS ("Compact Muon Detector"), é um detector genérico, capaz de detectar qualquer tipo de partícula, inclusive partículas ainda desconhecidas ou não previstas pela teoria. Já o LHCb e o ALICE são detectores "dedicados", construídos para o estudo de fenômenos físicos específicos.

Bóson de Higgs

Quando os prótons se chocam no centro dos detectores as partículas geradas espalham-se em todas as direções. Para capturá-las, o Atlas e o CMS possuem inúmeras camadas de sensores superpostas, que deverão verificar as propriedades dessas partículas, medir suas energias e descobrir a rota que elas seguem.


O maior interesse dos cientistas é descobrir o Bóson de Higgs, a única peça que falta para montar o quebra-cabeças que explicaria a "materialidade" do nosso universo. Por muito tempo se acreditou que os átomos fossem a unidade indivisível da matéria. Depois, os cientistas descobriram que o próprio átomo era resultado da interação de partículas ainda mais fundamentais. E eles foram descobrindo essas partículas uma a uma. Entre quarks e léptons, férmions e bósons, são 16 partículas fundamentais: 12 partículas de matéria e 4 partículas portadoras de força.

A Partícula de Deus

O problema é que, quando consideradas individualmente, nenhuma dessas partículas tem massa. Ou seja, depois de todos os avanços científicos, ainda não sabemos o que dá "materialidade" ao nosso mundo. O Modelo Padrão, a teoria básica da Física que explica a interação de todas as partículas subatômicas, coloca todas as fichas no Bóson de Higgs, a partícula fundamental que explicaria como a massa se expressa nesse mar de energias. É por isso que os cientistas a chamam de "Partícula de Deus".

O Modelo Padrão tem um enorme poder explicativo. Toda a nossa ciência e a nossa tecnologia foram criadas a partir dele. Mas os cientistas sabem de suas deficiências. Essa teoria cobre apenas o que chamamos de "matéria ordinária", essa matéria da qual somos feitos e que pode ser detectada por nossos sentidos.


Mas, se essa teoria não explica porque temos massa, fica claro que o Modelo Padrão consegue dar boas respostas sobre como "a coisa funciona", mas ainda se cala quando a pergunta é "o que é a coisa". O Modelo Padrão também não explica a gravidade. E não pretende dar conta dos restantes 95% do nosso universo, presumivelmente preenchidos por outras duas "coisas" que não sabemos o que são: a energia escura e a matéria escura.

É por isso que se coloca tanta fé na Partícula de Deus. Ela poderia explicar a massa de todas as demais partículas. O próprio Bóson de Higgs seria algo como um campo de energia uniforme. Ao contrário da gravidade, que é mais forte onde há mais massa, esse campo energético de Higgs seria constante. Desta forma, ele poderia ser a fonte não apenas da massa da matéria ordinária, mas a fonte da própria energia escura.

Brevemente, saberemos se a teoria está correta ou não. Ou, talvez, nos depararemos com um mundo todo novo, que exigirá novas teorias, novos equipamentos e novas descobertas.

Fonte:
Inovação Tecnológica

Religião causa briga e morte em RS

Uma briga entre integrantes de duas religiões acabou em morte em Sapucaia do Sul (RS), na madrugada desta quinta-feira (11). Segundo a Brigada Militar, um grupo de evangélicos que realizava orações em uma área rural se encontrou com integrantes de uma religião de origem africana, que iriam realizar rituais na mesma região.


Houve uma discussão e dois evangélicos foram atingidos por facadas. Um deles teve ferimentos no pescoço e não resistiu. O outro foi ferido no abdômen e foi encaminhado ao hospital.

Fonte:
G1


Com deus não se briga!
O cristianismo não luta mais como antigamente...

sábado, 18 de junho de 2011

Igreja Universal repassou R$ 480 milhões para Record em 2010

De acordo com o programa Ooops! a Igreja Universal do Reino de Deus colocou R$480 milhões nos cofres da Rede Record em 2010. Esse valor representa cerca de R$40 milhões por mês para quitar os programas religiosos que ocupam a programação da madrugada.


A reportagem usou um estudo inédito e sigiloso que mostra as operações financeiras da emissora de Edir Macedo. Mas apesar desse montante que entra todos os meses, a Record fechou o ano de 2010 com um prejuízo de R$1,7 milhão, segundo informações do Diário Oficial Empresarial publicado em 31 de maio.

O faturamento total da emissora foi de R$1,9 bilhão, ou seja, quase 1/4 (um quarto) do que a Record fatura vem da IURD.

É importante dizer que essa relação entre a emissora e a igreja não apresenta nenhum transação financeira ilegal, qualquer instituição religiosa pode alugar espaço em redes de televisão. Tanto que a própria IURD mantém programas na TV Gazeta e até tentou negociar a programação do SBT.

Assista parte do programa Ooops com o relato do Jornalista Ricardo Feltrin:


Fonte:
O Diário

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Proliferação de igrejas na Angola é um problema social

A ministra da Cultura de Angola, Rosa Cruz e Silva, disse hoje, em Luanda, que o país regista um movimento religioso crescente, o que considera ser um problema social, para o qual deve ser encontrada uma resposta.


A governante angolana falava à imprensa, no final da abertura de um seminário que hoje teve início em Luanda sobre "O Fenómeno Religioso em Angola: Um debate recorrente".

Angola tem um registo de 900 denominações religiosas a aguardar por acreditação para o exercício das suas atividades no país.

Segundo a ministra da Cultura de Angola, a realização deste seminário tem como objetivo encontrar saídas para o problema, através de um diálogo entre o Estado e as igrejas, na busca de soluções para várias questões.

"Por exemplo, um problema que nos aflige bastante é o da problemática das crianças acusadas de feiticeiras", acrescentou Rosa Cruz e Silva.

"É preciso estudar, analisar profundamente as razões que estão na base deste problema, para que possamos dar os direitos que as crianças têm de viver de acordo com a sua natureza e os preceitos da nossa sociedade", referiu.

Rosa Cruz e Silva considerou grave a situação, porque algumas dessas igrejas praticam acções, rituais que não vão de acordo com a cultura e a realidade angolana, provocando "impactos desvantajosos". "É preciso intervir e encontrar soluções mais apropriadas, sem ferir a susceptibilidade das crenças da nossa população".

O aparecimento dessas seitas surgiu, sobretudo, no período pós conflito armado, com a migração forçada das populações de umas zonas para outras e ainda com a abertura das fronteiras, referiu a governante angolana.


A maioria das novas igrejas que se instalaram nos últimos anos em Angola tem origem na vizinha República Democrática do Congo.

De acordo com Rosa Cruz e Silva os Ministérios da Cultura e Justiça de Angola estão a actuar de forma concertada para que as pessoas envolvidas nessas práticas e que lesem a vida de outrem possam ser responsabilizadas criminalmente.

"Existe uma lei a que nos referimos, que tem algumas questões de fundo para serem resolvidas para que consigamos mudar esse movimento, daí a urgência de aprofundar debates desta natureza e sobretudo promover estudos que vão levantar as principais questões que estão na base deste fenómeno para encontrar as respectivas soluções", salientou.

Fonte:
Angola Notícias

Casal de lésbicas abre igreja evangélica no centro da capital paulista

Lanna Holder, a ex-lésbica, ex-usuária de droga e ex-alcoólotra pregadora evangélica, era a prova cabal do poder curador de Deus na vida dos que nele creem. Pois foi só se converter ao evangelho, e Lanna, então com 20 anos, deixou para trás um pelotão de namoradas suspirantes e as noitadas movidas a cocaína e hectolitros de álcool, consumidos diariamente.


"Centenas de ministérios disputavam "a tapas" a presença da carismática Lanna em seus púlpitos. Em pouco tempo, ela se transformou em uma espécie de "avatar da sorte" para quem quisesse manter sua congregação lotada", escreve um pastor, a respeito da hoje desafeta.

Lanna subia ao altar e contava com voz de contralto como o milagre ocorrera em sua vida "dissoluta". A apoteose era quando apresentava o maridão emocionado e o filho. O templo vinha abaixo.

Dezesseis anos depois da conversão, a campeã da fé, agora com 36 anos, acaba de abrir uma nova igreja evangélica em São Paulo, a Comunidade Cidade de Refúgio, no centro de São Paulo.

Surpresa: em vez dos testemunhos de como se curou da "praga gay", Lanna Holder rendeu-se à homossexualidade. Ela tem até uma companheira na empreitada, a pastora e cantora gospel Rosania Rocha, 38.

As duas estão juntas há cinco anos, desde que largaram os maridos e oficializaram seus divórcios. No tempo em que era o troféu da fé, Lanna lidou com o que hoje chama de "culpa extrema". "Eu pregava o que desejava que acontecesse comigo", diz.

Para evitar reincidir, mortificou a carne com jejuns e subidas e descidas de montes, em uma espécie de cooper -para cansar mesmo.

Participou de "campanhas de libertação" todas as quartas-feiras, incluindo rituais de quebra de maldição e cura interior. Por fim, submeteu-se a sessões de "regressão ao útero materno", nos moldes preconizados no início do século 20 pelo terapeuta Otto Rank (1884-1939). "Não deu certo", ela diz.

Chamada para pregar em Boston, nos EUA, bastou encontrar os olhos claros da mineira Rosania para todo o "trabalho" naufragar. Rosania também se apaixonou.
Elas pediram ajuda aos pastores, oraram muito para evitar. Ficaram quase um ano sem se ver. Mas não deu.

Depois de um acidente de carro que lhe deslocou da bacia o fêmur direito, esmagou-lhe o pulmão, causou trauma cardíaco, fratura em quatro costelas e dilaceração do fígado -hoje, uma grossa cicatriz de 0,6 metro de comprimento cruza todo o tronco de Lanna-, as duas resolveram, enfim, viver juntas.

Sobre os pastores que as acusam de criarem um lugar de culto a Satanás, uma filial de Sodoma e Gomorra, as duas líderes religiosas dizem apenas: "A nossa igreja é de Cristo, não é de lésbicas ou gays. Mas queremos deixar claro que somos um refúgio, acolhemos todos os machucados e feridos, todos os que foram escorraçados pela intolerância".

No primeiro dia, a nova igreja juntou 300 pessoas.

Fonte:
Folha de S.Paulo

quarta-feira, 15 de junho de 2011

O pastor mais cara de pau do Brasil!

Silas Malafaia, o pastor mais polêmico dos últimos tempos, promete aos seus fiéis a garantia da ajuda divina. Mas parece que a fé infalível não é mais o bastante...



Igrejas deveriam ser proibidas como são os bingos!
Isso não passa de uma promessa de ganhos fáceis que não será cumprida por quem promete.
Quanto mais você aposta, mais vira um vício que ilude tanto quanto um caça níqueis.

Qual a diferença de doar seu dinheiro acreditando que será recompensado financeiramente por deus, e a aposta no jogo do bicho?

Eclipse lunar hoje 15/06

A maioria dos brasileiros verá a Lua nascer eclipsada hoje. O fenômeno ocorre quando o Sol, a Terra e a Lua estão alinhados, com nosso planeta no meio. As regiões que poderão observar o eclipse do início ao fim estão na África, no Oriente Médio, na Ásia e na Oceania. A América do Norte não conseguirá ver o fenômeno. Os europeus, assim como os brasileiros, só verão o fim.


Na capital paulista, a Lua nascerá - coberta pela sombra da Terra - às 17h25. Dois minutos depois, o Sol vai se pôr. Portanto, o satélite estará escuro, mas o crepúsculo ainda iluminará o céu por alguns minutos. "O grande desafio para os observadores será notar que a Lua já está lá. Ela vai estar bem apagada", avisa Paulo Sérgio Bretones, astrônomo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A observação do fenômeno poderá ser feita com binóculos, lunetas e telescópios amadores.

Este é um dos dois eclipses lunares deste ano, mas o único que será visível para os brasileiros. O outro ocorrerá em dezembro. Além destes, teremos ainda dois eclipses solares, um em 1º de julho e outro em 25 de novembro. O próximo eclipse lunar que poderá ser visto no Brasil por completo está previsto apenas para setembro de 2015. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte:
G1

terça-feira, 14 de junho de 2011

Bispo dz que estupro só é possível com o consentimento da mulher

Bíspo de Guarulhos, Luiz Gonzaga Bergonzini, diz que mulheres mentem ao dizer que foram estupradas. Ele acusa que a mentira seria apenas para conseguir liberação da lei para pratica do aborto.


"Vamos admitir até que a mulher tenha sido violentada, que foi vítima... É muito difícil uma violência sem o consentimento da mulher, é difícil", comenta. O bispo ajeita os cabelos e o crucifixo. "Já vi muitos casos que não posso citar aqui. Tenho 52 anos de padre... Há os casos em que não é bem violência... [A mulher diz] 'Não queria, não queria, mas aconteceu...'", diz. "Então sabe o que eu fazia?" Nesse momento, o bispo pega a tampa da caneta da repórter e mostra como conversava com mulheres. "Eu falava: bota aqui", pedindo, em seguida, para a repórter encaixar o cilindro da caneta no orifício da tampa. O bispo começa a mexer a mão, evitando o encaixe. "Entendeu, né? Tem casos assim., do 'ah, não queria, não queria, mas acabei deixando'. O BO é para não facilitar o aborto", diz.

A posição do bíspo é um uma tentativa de dificultar o aborto nas cidades da grande São Paulo.

O bíspo Luiz Gonzaga é um claro exemplo da mistura de politica com religião, e usa de sua influência em fiéis para mudar votos e opiniões da massa. Como foi o caso de seu discurso contra a presidenta Dilma, em que ele fez "pregações" contra as intenções da candidata e espalhou folhetos por várias igrejas. Ato que resultou na derrota do PT na cidade de Guarulhos.

Fonte:
http://www.domluizbergonzini.com.br/

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Bolhas magnéticas são encontradas na fronteira do Sistema Solar

Observações das sondas espaciais Voyager, os mais distantes objetos construídos pelo homem, sugerem que a borda do nosso Sistema Solar pode não ser lisa e suave, mas cheia de um mar turbulento de bolhas magnéticas.


Usando um novo modelo de computador para analisar os dados das duas Voyager, os cientistas encontraram campo magnético constituído de bolhas de aproximadamente 160 milhões de quilômetros de diâmetro cada uma.

As bolhas são criadas quando as linhas do campo magnético emanadas pelo Sol se reorganizam.

O novo modelo sugere que as linhas do campo magnético quebram-se em estruturas auto-contidas, desconectadas do campo magnético solar.

Tal como a Terra, o Sol tem um campo magnético com um pólo norte e um pólo sul. As linhas desse campo são esticadas para fora pelo vento solar, um fluxo de partículas eletricamente carregadas que emana da estrela e que interage com o material expelido por outros corpos celestes em nossa vizinhança da Via Láctea.

As sondas Voyager, a quase 15 bilhões de quilômetros da Terra, estão passando agora pela fronteira do Sistema Solar, justamente onde o vento solar e o campo magnético são afetados por essas emanações de outros pontos da galáxia.

Raios cósmicos galácticos

Explicar a estrutura do campo magnético do Sol permitirá que os cientistas compreendam como os raios cósmicos galácticos entram em nosso Sistema Solar e ajudará a definir como nossa estrela interage com o resto da galáxia.


De forma curiosa, a maior parte dos dados que levou os cientistas a concluir pela existência das bolhas magnéticas provém de um instrumento a bordo das sondas que mede partículas energéticas.

Os cientistas agora estão checando os dados para tentar encontrar as assinaturas das bolhas magnéticas nos dados dos sensores de magnetismo da Voyager.

Lançadas em 1977, as sondas gêmeas Voyager continuam em uma jornada que já dura 33 anos. Elas estão a caminho de atingir a borda do espaço interestelar.

Fonte:
Inovação Tecnológica

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Felizes sem Deus

Dinamarquesas contam a apresentadora americana Oprah Winfrey sobre como vivem e o que pensam sobre a religião.



Uma sociedade evoluída não necessita se submeter a uma crença e a louvores para ser feliz e organizada.
Os dinamarqueses devem ter muito a agradecer aos seus esforços e verdadeiros lideres que colocaram o país nesta posição social. E não a uma religião ou um deus.

Exemplo de civilização que correu atrás dos objetivos ao em vez de esperar pela solução divina. Agindo e não rezando. Buscando conhecimento e soluções racionais, e não colocando a culpa de seus fracassos em demônios.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Pastor morre no altar durante o culto

O vídeo a seguir mostra a morte do pastor (ou presbítero) de 87 anos em uma igreja de Botucatu, SP.
Em quanto assistia a uma apresentação musical, o pastor senta em uma cadeira no altar e comenta algo no ouvido de outro pastor. Pouco tempo depois ele se inclina para trás e fica inconsciente. O vídeo tem pouco mais de 10:00 min., mas a morte do senhor acontece aos 3:10 min.



O pastor que fica encarregado de dar a noticia aos espectadores, faz isso com uma expressão de felicidade e improvisa um velório mesmo antes do socorro ou da tentativa de reanimação.

O acontecimento é antigo, mas é um bom exemplo para provar que a fé não garante a saúde nem a segurança de alguém.

Ainda li em alguns comentários de evangélicos, que esta é uma forma iluminada de morrer.
Não desejo o mal de ninguém, mas bem que poderia virar moda...

segunda-feira, 6 de junho de 2011

A evolução em 5 minutos

Vídeo mostra a evolução das espécies em nosso mundo com um resumo de 5 minutos.



Não é linear a teoria real da evolução, mas serve para ilustrar algumas épocas de nossos ancestrais.

domingo, 5 de junho de 2011

Padres, orgias e baladas

De noite, orgias, festas e bebedeiras. De dia, missa, confessionário e oração. De noite, jeans, pele bronzeada à mostra e gel no cabelo. De dia, batina, estola e ascetismo. É assim a rotina de um sem-número de padres católicos que vivem uma vida dupla nas grandes capitais do mundo, Roma inclusive. Pelo menos é isso que garante, com vídeos, fotos e descrições dolorosamente ricas, um dossiê em forma de livro e site lançado em abril, na Europa.


Batizado de “Sex and the Vatican”, uma alusão ao seriado “Sex and the City” – que conta as aventuras sexuais de quatro mulheres em Nova York –, a obra detalha orgias entre sacerdotes gays e seus amantes e conta histórias de religiosos que engravidam mulheres, compram, com dinheiro da Igreja, o silêncio das mães e, em alguns casos, até bancam seus abortos. Já em sua segunda edição na Itália e na França, “Sex and the Vatican – Viaggio Segreto Nel Regno Dei Casti” (Ed. Piemme) (“Sexo e o Vaticano – uma viagem secreta no reino dos castos”, sem tradução no Brasil) está em via de ser publicado em inglês enquanto versões em espanhol e português são negociadas. “Não faço campanha contra a Igreja”, justifica Carmelo Abbate, jornalista e autor da obra. “Ela é que se complica quando se recusa a admitir que coisas comso essas acontecem dentro da instituição”, explica.


Abatte resolveu escrever o livro depois do sucesso de uma matéria que publicou em julho de 2010 na revista “Panorama”, a semanal de maior prestígio da Itália. Nela, o foco eram os padres homossexuais. Detalhes inéditos dessa apuração abrem o primeiro capítulo do livro (leia trechos nos destaques). Mas o grosso da obra mergulha em um submundo que revela desvios do sacerdócio bem mais chocantes do que a homossexualidade. Na Índia, por exemplo, o autor descobriu o caso de um padre que estuprava, sistematicamente, as freiras de sua missão. Muitas ficaram grávidas, algumas abortaram por pressão do religioso e da missão e outras morreram durante processos toscos para interromper a gravidez. As missionárias que reclamavam eram transferidas para obras em outros países. Histórias semelhantes foram ouvidas pelo jornalista nos Estados Unidos, na Inglaterra e na Irlanda.


“O fenômeno é mundial e inclui o Brasil”, garante ele, que ainda não descobriu nenhum caso com provas irrefutáveis no País.
Esse tipo de comportamento é tão comum que existem associações para dar auxílio às amantes e aos filhos de padres em diversos países. Abbate, por exemplo, arrolou nove delas em seu livro. Uma é a Bethany, coordenada pelo ex-padre irlandês Pat Buckley. A instituição, sediada em Dublin, dá assistência a pelo menos 120 mulheres que são não só amantes de sacerdotes como também mães de seus filhos. Há casos de mulheres com mais de dez crianças, muitas criadas com ajuda financeira dada secretamente pelas paróquias dos padres pais. Nos atendimentos a essas pessoas, Buckley descobriu que houve até uma excursão coordenada por padres com o objetivo de levar suas amantes grávidas até Londres para que elas fizessem abortos, proibidos na Irlanda. “São muitos casos como esses, mas, como tudo acontece escondido, é difícil quantificar”, admite. “A Igreja se dispõe a aceitar muita coisa se houver chances de o assunto não virar escândalo”, diz o jornalista.


O caso das orgias gays em Roma, porém, é forte candidato a se tornar um escândalo incendiário. Primeiro, porque foi filmado e as imagens são fortes e reveladoras. Segundo, porque os mesmos padres flagrados em festas bebendo e mantendo relações sexuais com outros homens dizem ter rezado missas em lugares como a Basílica de São Pedro, no Vaticano, e encontrado pessoalmente o papa Bento XVI. Terceiro, porque a população tende a ser menos tolerante com padres homossexuais do que com heterossexuais – o pecado, no caso dos gays, seria duplo. “Ninguém imagina um padre em uma boate gay ”, diz a psicóloga Maria Luiza Macedo de Araújo, presidente da Sociedade Brasileira de Estudos da Sexualidade Humana (Sbrash). “Lugar de sacerdote é na igreja e o contraste entre o que é pregado e o que é feito é que choca.”

Se depender do Vaticano, porém, o caso, deve passar despercebido. Questionado sobre o lançamento do livro, o órgão se limitou a dizer, por meio de porta-voz, que “não pode reagir a todos os livros que falam mal da instituição”. No Brasil, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) disse que “não tinha conhecimento do livro e por isso não poderia comentar os temas citados”.


Fonte:
Isto É

R.R. Soares cria o dízimo no débito automático em conta-corrente

O missionário R.R. Soares, líder da Igreja Internacional da Graça, lançou em seu programa de televisão uma nova modalidade de recolhimento do dízimo: o débito automático em conta-corrente. Para utilizar o serviço, o fiel deve preencher um cadastro no site da igreja com seus dados bancários. O doador deve, no momento da inscrição, escolher quanto deve ser cobrado.


Segundo informações divulgadas na Folha.com, o missionário ainda garantiu que caso o fiel não tenha saldo em um mês, ele não será debitado e o doador não corre o risco de ser incluído em cadastro do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Serasa. A Igreja Internacional da Graça firmou parceria com os bancos Itaú, Bradesco e Banco do Brasil.

Além dessa novidade, o pastor criou também o cartão de crédito da Igreja Internacional da Graça, que permite ao fiel pagar as compras em até 40 dias e fazer saques de emergência no Brasil e exterior. Segundo a Folha.com, as operações são legais.

Fonte:
Correio24horas

Cientistas europeus obtêm átomos de antimatéria por longo período

O Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (Cern) anunciou neste domingo (05/06/2011) em Genebra que cientistas do grupo conseguiram pela primeira vez obter átomos de antimatéria durante mais de 16 minutos, um tempo suficiente para começar a estudar suas propriedades em detalhe.


"Conseguimos manter os átomos de anti-hidrogênio durante mil segundos. Isso é suficiente para poder começar a estudá-los, mesmo com a pequena quantidade deles que conseguimos captar até agora", disse o porta-voz do chamado experimento Alpha, Jeffrey Hangst, vinculado ao Cern.

O objetivo de produzir átomos de antimatéria é estudar por que a natureza se formou pela matéria, enquanto, durante o Big Bang - fenômeno que deu início ao universo -, a matéria e a antimatéria existiam em quantidades iguais.

A antimatéria, uma espécie de "espelho" da matéria, representa uma das grandes incógnitas do universo. Atualmente, ela parece ter desaparecido, e um dos desafios dos cientistas é conseguir entender o que ocorreu há 14 bilhões de anos, no momento da criação do universo.

A matéria e a antimatéria são idênticas, mas com cargas elétricas opostas, e se aniquilam quando entram em contato.

Segundo o Cern informou, os cientistas conseguiram estudar cerca de 300 antiátomos obtidos. A pesquisa permitirá comparar com precisão o átomo de anti-hidrogênio com o de hidrogênio e verificar as diferenças entre eles.

Além disso, os antiátomos produzidos poderão fornecer novos dados para medir a influência da gravidade na antimatéria.

Outra das consequências de capturar antiátomos durante um período longo de tempo é que o experimento Alpha poderá realizar com precisão as medidas necessárias para estudar simetrias, que na física descrevem como se desenvolvem os processos sob certas transformações.

Tudo isso permitirá que, no final do ano, se possa começar a fazer medições na antimatéria capturada, "de modo que se poderá, pela primeira vez, olhar dentro da estrutura do anti-hidrogênio, que é o elemento número 1 da tabela antiperiódica", explicou Hangst.

Fonte:
Ultimo Segundo

1ª Convenção Mundial de Ateus pede a não interferência da religião no Estado

A Primeira Convenção Mundial de Ateus, que começou 03/06/2011, em Dublin (Irlanda), vai aprovar ao seu final, domingo, a Carta de Dublin defendendo que o Estado (leia-se também governo dos países) não sofra quais interferências da religião.


Será ainda lançada oficialmente a Aliança Ateia Internacional (Atheist Alliance International), a ser presidida por Tanya Smith, da Austrália, .

A convenção reúne cerca de 350 delegados, entre eles da América da Sul. Ela é presidida pelo biólogo britânico Richard Dawkins. A neurobióloga Lone Franl, o escritor americano Bobbie Kirkhart e o indiano Aroup Chaterjee são alguns dos palestrantes.

Os termos da Carta de Dublin estão sendo discutidos por ateus europeus desde o ano passado.

O site da associação dos Ateus da Irlanda, que está organizando a convenção, pede sugestões sobre como deve ser a versão final do documento, no que se refere aos pontos essenciais, e propõe dois projetos.

No projeto A, destaca-se, entre outros, os seguintes pontos: Estado deve ser rigorosamente neutro em termos de religião, sem favorecer nem prejudicar ninguém; as religiões não devem ter benefício do Estado, como isenção de impostos e incentivos fiscais para financiar escolas confessionais; a educação tem de ser laica, a escola tem de ensinar a diferença entre fé e razão e a ciência tem de ser ensinada sem interferência religiosa; a liberdade de praticar uma religião vai até onde começa os direitos dos outros; a lei tem de ser democrática, válida para todos, sem a existência de tribunais para pessoas de determinadas religiões; prestadores de serviços sociais com crenças religiosas ficam proibidos de discriminar pessoas e de fazer proselitismo.

O projeto B, entre outros, prevê os seguintes termos: a soberania do Estado não deriva de nenhum Deus; a Constituição do país não pode ter qualquer referência direta ou indireta a Deus, fé ou religião; escola pública não deve ter ensino religioso; a lei não pode proibir ou punir quem nega a fé ou qualquer manifestação religiosa; nenhuma instituição do Estado deve impor qualquer código religioso.

Os organizadores da convenção informam que os ingressos para assistir as palestras se esgotaram, mesmo, ironizam, antes do dia 21 de maio, data do fim do mundo, conforme previu um pastor evangélico americano.

Com informação do site do Aheist Ireland.

Fonte:
Paulopes

sábado, 4 de junho de 2011

ONU critica imposição de ensino religioso em escolas públicas

Centenas de escolas públicas em pelo menos 11 Estados do Brasil não seguem os preceitos do caráter laico do Estado e impõem o ensino religioso, alerta a Organização das Nações Unidas. Em relatório a ser apresentado na semana que vem ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, a situação do Brasil é criticada.


O documento foi preparado pela relatora da ONU para o direito à cultura, Farida Shaheed, que também alerta que intolerância religiosa e racismo "persistem" na sociedade brasileira. A relatora apela por uma posição mais forte por parte do governo para frear ataques realizados por "seguidores de religiões pentecostais" contra praticantes de religiões afro-brasileiras no País. Uma das maiores preocupações é o com o ensino religioso, assunto que pôs Vaticano e governo em descompasso diplomático.

Os Estados citados por Farida, que visitou o País no final do ano passado, são Alagoas, Amapá, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

A relatora diz ter recolhido pedidos para que o material usado em aulas de religião nas escolas públicas seja submetido a uma revisão por especialistas, como no caso de outros materiais de ensino. Além disso, "recursos de um Estado laico não devem ser usados para comprar livros religiosos para escolas", esclarece.

Para Farida, "deixar o conteúdo de cursos religiosos ser determinado pelo sistema de crença pessoal de professores ou administradores de escolas, usar o ensino religioso como proselitismo, ensino religioso compulsório e excluir religiões de origem africana do curriculum foram relatados como principais preocupações que impedem a implementação efetiva do que é previsto na Constituição".

Legislação. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação diz que o ensino religioso deve ser oferecido em todas as escolas públicas de ensino fundamental, mas a matrícula é facultativa. A definição do conteúdo é feita pelos Estado e municípios, mas a legislação afirma que o conteúdo deve assegurar o respeito à diversidade cultural religiosa e proíbe qualquer forma de proselitismo.

"Em tese, deveria haver um professor capaz de representar todas as religiões. Mas, como sabemos, é impossível", explica Roseli Fischmann, da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). "Além disso, a aula não é tratada efetivamente como facultativa. O arranjo é feito de tal forma que o aluno é obrigado a assistir."

Roseli explica que o modelo brasileiro é pouco usual nos países em que há total separação entre Estado e religião. "Até Portugal, que no regime de Salazar tornou obrigatório o ensino religioso, aboliu as aulas. Educação religiosa deve ser restrita aos colégios confessionais. Lá, o pai matricula consciente."

Fonte:
Estadão

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Cientologia: a religião fundada por um autor de ficção cientifica

Segundo a Cientologia, há 75 milhões de anos vários planetas se reuniram numa "confederação das galáxias", governada por um líder maléfico chamado Xenu. Como os planetas estavam com problemas de superpopulação, Xenu mandou bilhões de seus habitantes para Terra, em espaçonaves parecidas com os Douglas DC-8, onde foram jogados dentro de vulcões e mortos com bombas de hidrogênio. Seus espíritos que foram recapturados e reunidos em cachos (como uvas, ou talvez bananas) - chamados de "thetans" (em português, "tetões") - são os seres humanos.


A cientologia é um sistema de crenças fundado em 1952 pelo autor de ficção cientifica L. Ron Hubbard (1911-1986, nascido em Tilden, Nebraska). A cientologia foi oficializada em 1954. Esta religião baseia-se nos livros de Hubbard Dianética: A Moderna Ciência da Saúde (1950), Dianética: A Evolução da Ciência e Ciência da Sobrevivência. Hubbard considerava a Dianética como uma subdisciplina da Cientologia.

Até morrer, em 1986, Hubbard publicou centenas de livros sobre cientologia e apenas alguns sobre Dianética. A doutrina tem influências de outras religiões, como o hinduísmo e o budismo, e de ciências humanas, como a psicologia.

Os dogmas centrais da seita são baseados na crença de que uma pessoa é um ser espiritual imortal, dotado de mente e corpo, ambos basicamente bons, que buscam a sobrevivência. A Cientologia assegura que a sobrevivência do homem depende de si mesmo, de outras pessoas e da sua interação com a comunidade cósmica.


Fatos curiosos

- A cientologia conta com uma lista de personalidades famosas como Tom Cruise e John Travolta.

- Em 2000, um dos livros do criador da religião que reproduz parte de suas teorias virou filme de cinema: A Reconquista (título em português).

- Não realizar o parto em hospitais e nem com gritos, o barulho pode traumatizar a criança (de acordo com a Isto É, a esposa de Travolta, a também atriz Kelly Preston, fez o parto de seu filho Jett em casa e em absoluto silêncio)

- Não tomar analgésicos, eles podem inibir as habilidades do Thetan


As semelhanças com outras religiões

- Foi criada baseada em uma história de ficção.

- Adeptos desta religião acreditam que o thetan é o espírito puro, onisciente e imortal.

- O corpo é um componente indesejável do ser humano.

- Destruir os inimigos e criticos à religião

- Nunca negar um pedido de doação financeira

Fonte:
Wikipédia
Isto É
O apocalipse
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons