quarta-feira, 14 de setembro de 2011

MPF denuncia bispo Edir Macedo e mais três por lavagem de dinheiro

O MPF denunciou Edir Macedo, Alba Maria Silva da Costa, João Batista Ramos da Silva e Paulo Roberto Gomes da Conceição pelo crime de quadrilha para a prática de crimes de estelionato, falsidade ideológica, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, na forma de organização criminosa, conforme previsto na Convenção de Palermo, ratificada pelo Brasil em 2004.


Os quatro são acusados de duas modalidades de evasão de divisas: na qualidade de administradores da Iurd, por manterem as contas no Exterior sem declará-las às autoridades, e por promoverem a saída do dinheiro do Brasil para o Exterior.

Ao fazerem modificações nos contratos sociais das empresas que foram fiscalizadas pela Diretoria Executiva da Administração Tributária, da Fazenda Estadual Paulista, conforme apurado pelo Ministério Público Estadual, de forma diversa da registrada na Junta Comercial de São Paulo, para ocultar sócios dos empreendimentos, os quatro são acusados de falsidade ideológica.

O estelionato praticado contra os fiéis da Igreja é o crime antecedente da lavagem de dinheiro. A lavagem ocorria por dois meios: através das remessas realizadas ao exterior pela Diskline e pela realização de operações comerciais e financeiras no Brasil usando a Cremo Empreendimentos Ltda como empresa de fachada.

O Procurador da República Silvio Luís Martins de Oliveira também encaminhou cópia da denúncia à área Cível da Procuradoria da República em São Paulo, solicitando que seja analisada a possibilidade de cassação da imunidade tributária da Iurd.

Fonte:
Rondonoticias

Um comentário:

  1. Só "resolveria" se o Bispo Macedo. fosse banido do mundo do mercado religioso. Assim como todos que possuem comportamentos similar ao dele, enquanto isso não acontece, eles fazem vitimas em massa.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons