segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Ativistas ateus são agredidos e expulsos do senado havaiano por protesto

Não é um acontecimento recente, mas gostaria de deixar registrado no blog pois é um ótimo exemplo de como o pensamento religioso é prejudicial quando interfere na lei de um país.


O presidente da Associação do Havaí pela separação entre Igreja e Estado, Mitch Kahle, foi absolvido de uma acusação de conduta desordeira que levou à sua prisão, enquanto protestava contra as orações costumeiras no início das sessões do Senado estadual.

Mitch foi retirado à força, espancado e depois preso.

Porém ele foi absolvido de quaisquer acusações, depois que o juíz Leslie Hayashi assistiu ao vídeo:

"Em primeiro lugar, não houve conduta desordeira. E segundo, a primeira emenda lhe dá o direito de falar em um fórum público como ele fez. E o terceiro, o legislador estava violando a Constituição dos EUA, bem como a constituição do Havaí, por ter essas orações ", disse Harrison.

Em abril, Kahle pediu ao Conselho Municipal de Honolulu para parar de fazer orações em suas reuniões, e ele foi atendido. Mas Todd Apo se afastou do cargo de presidente do conselho, e Kahle disse que as orações voltaram com o novo presidente Nestor Garcia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons