quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Procuradoria processa igreja e RedeTV! por ofensa a ateus

O Ministério Público Federal entrou com uma ação contra a RedeTV! e a Igreja Internacional da Graça de Deus sob acusação de terem ofendido os ateus.

Na ação, a Procuradoria reclama de frase dita pelo pastor João Batista no programa "O Profeta da Nação", exibido no dia 10 de março.



"Quem não acredita em Deus pode ir para bem longe de mim, porque a pessoa chega para esse lado, a pessoa que não acredita em Deus, ela é perigosa. Ela mata, rouba e destrói. O ser humano que não acredita em Deus atrapalha qualquer um", disse o pastor.

Para o procurador Jefferson Aparecido Dias, as declarações ferem a Constituição, que prevê a liberdade de pensamento e de religião. Ele lembra ainda que, apesar de a maioria da população ser cristã, o Estado brasileiro é laico.

O Ministério Público pede na Justiça que a emissora e a igreja exibam uma retratação durante o programa e uma explicação sobre a diversidade religiosa. As mensagens devem ter, no mínimo, o dobro do tempo da crítica do pastor.

A Procuradoria também quer que o Ministério das Comunicações fiscalize o programa.

A RedeTV! afirmou que não irá se manifestar porque o programa é uma produção independente de responsabilidade da igreja. A emissora ainda diz que não foi comunicada oficialmente da ação.

A Igreja da Graça foi procurada pela reportagem, mas ainda não se pronunciou.

Fonte:
Folha

4 comentários:

  1. A Rede TV não tem nada haver com o caso, ela só vende o orário para a igreja, tanto que ela antes de exibir o programa ela deixa bem claro a isenção e a responsabilidade de qualquer coisa para igreja.
    Mas essas igrejas tem que ser processadas mesmo, só pregam o ódio contra a gente...

    ResponderExcluir
  2. A atitude desse pastor em ultrajar pessoas por não anuir com os seus conceitos religiosos, não é diferente dos demais, é uma estrategia usada para provocar um mal estar nas pessoas, para que sentam-se culpadas, deprimidas, responsáveis por tudo de errado existente no mundo, principalmente por sua própria existência, estou surpreso e satisfeito ao mesmo tempo, com a observação e atitude do procurador, Jefferson Aparecido Dias, tomara que outros, sigam o seu exemplo. Alan Jorge ...

    ResponderExcluir
  3. Atitude completamente Lamentável.
    O pior, é que geralmente essas pessoas que participam dessas igrejas de canais de Televisão & Afins, geralmente, são completamente influenciáveis por esses "pastores", ou seja, levam esse pensamento ridículo que Ateus tem Relação com "Lúcifer" e coisa do Gênero, e acabam passando esse pensamento para as pessoas em sua volta. Criando assim, um grupo de pessoas ignorantes e sem pensamento próprio.

    ResponderExcluir
  4. a história está repleta de sangue e violência praticados por religiosos, principalmente cristãos. infelizmente, o MAL PRATICADO PELA RELIGIÃO não é coisa do passado. na minha opinião é melhor não crer em deus algum do que blasfemá-lo com atitudes intolerantes como a deste suposto pastor.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons