terça-feira, 10 de maio de 2011

Se para ateus, deus não existe, por que discutir sua existência?

Muitos deístas criticam os ateus por não aceitarem sua crença. Por não respeitarem o deus de sua religião e os afrontarem mostrando provas, criando debates e expondo idéias consideradas blasfêmias pela sociedade religiosa.


Realmente algo incomodo para quem foi acostumado a vida toda a não questionar essa existência. E muitas pessoas acreditam que incomodar é o único motivo de divulgar o pensamento ateísta. Mas não é bem assim.

Acredito que a maioria dos indivíduos tenta fazer o seu melhor para contribuir com a sociedade e o comportamento humano. Ninguém gosta de ver o mal dos outros, tanto ateus quanto religiosos, todos querem uma sociedade de paz e igualdade.

Ateus usam a razão e principalmente a ciência para tornar o mundo um lugar melhor, onde a evolução cientifica e psicológica da sociedade ande mais livremente, trazendo melhores benefícios a nós e ao planeta.
Ai que a religião atrapalha...


Em muitos casos, cientistas não podem fazer pesquisas ou estudar certos assuntos para não infringir as leis do pensamento teológico.

A religião impede o pensamento livre e o questionamento. Usa dogmas como respostas para perguntas e bloqueia a imaginação.

- Por que tal coisa é assim?
- Porque deus quis! Não questione e não duvide ou irá para o inferno.

Esse tipo de comportamento é prejudicial ao aprendizado da nossa espécie. Nós, humanos, só aprendemos através de questionamentos, experiências e descobertas. Impedir a tentativa de achar respostas, é algo grave. Isso torna o ato de acreditar que deus é o responsável por tudo, ser algo grave e prejudicial.

Se praticássemos a religião rigorosamente como mandam as escrituras, estaríamos eternamente atrofiando nossa capacidade de evolução.

A resposta "foi deus" é simplesmente o limite de nossa ignorância. Quase equivalente a dizer "não sei", só que, ao assumir que não sabemos, abrimos portas para descobertas.

É muito mais provável que o mundo se torne um lugar melhor através do conhecimento e da educação, do que através da religião.
Ela está presente há tanto tempo e nunca conseguiu transformar o mundo e acabar com os males, por que não dar uma chance para razão desta vez?

Esse é um dos motivos pelo qual os ateus estão tentando mudar o pensamento que está entre nós há milênios. Acreditando que, sem religião, contribuir-se-ia mais e melhor para sociedade, instruindo e incentivando o aprendizado, ao contrario da religião que busca responder todas as perguntas simplesmente dizendo que foram atos de um criador.

Comentem!

7 comentários:

  1. A gora chegamos ao ponto principal, por esse motivo em especial sou ateísta, mas é claro sempre respeitando outro pontos de vista fundamentados, as religiões que impedem o desenvolvimento são as mais prejudiciais (eu falo as religiões porque o espiritismo não chega ao ponto de censurar o conhecimento), pois impedem o desenvolvimento da sabedoria.

    Meu nome é Matheus Velasque Caetano tenho 15 anos e sou ateu dez de mais ou menos uns 13 para 14 anos que foi justamente quando comecei a adquirir conhecimento sem ser os da televisão aberta e sim livros e principalmente a internet

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matheus, aconselho vc a ler mais. Tanto pra escrever melhor como para fundamentar suas ideias.

      Excluir
  2. Ótimo post.

    Realmente, as barreiras que a religião já impôs diante da ciência, atrasou e muito a nossa evolução.

    acessem -> http://hipocrisiaoff.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. se nao fosse a "Idade das Trevas Cristã" hoje nao existiria as universidades, faculdades, escolas, o conhecimento na antiguidade era para poucos, na Idade Media a Igreja abriu as portas para o conhecimento patrocinando sim medicos e professores, quem fundou as primeiras universidades e hospitais? a Idade das Trevas que nao foi de Trevas, mas de Luz, apenas para as corujas e os morcegoes da historia, que sao muito ingratos foi escuro...a religiosidade nao é responsavel pelos problemas da sociedade, aqui no Brasil nao se conhece historia, aqui se tem gibis de historia feitos por inimigos da Igreja. Ingratos!

    ResponderExcluir
  4. O autor do comentário acima, só pode ser um comediante. OU ele quer dizer que nós temos que agradecer pelas Cruzadas, Inquisição, Caça as bruxas e os Extermínios de ateus e homossexuais ??
    Cara, faça um favor para o mundo, se mate !!

    ResponderExcluir
  5. Ao criador do assunto, você nunca escutou alguém dizer? que diante de uma ação, sempre existirá uma reação? É insuportável a maneira que os evangélicos atacam, dia e noite os que não são. O fato de eu não ser ateu, não me obriga, a concordar com ações de grupos de inescrupulosos. Alan Jorge ...

    ResponderExcluir
  6. Odeio entrar nessas discussões, mas vou arriscar um comentário dessa vez: Primeiro, meu nome é Jessica, tenho dezesseis anos e sou cristã.
    Realmente, vários cristãos criticam vocês, ateus, por não aceitarem nossa crença. Lamentável. Imagino que o problema dos cristãos que se sentem pessoalmente ofendidos ao lidar com argumentos relevantes e debates promovidos por vocês é que eles são inconstantes e não conhecem realmente o Deus em quem acreditam. Isso é problema que precisamos resolver entre nós.
    Mas ainda que não faça sentido nenhum para vocês, vou repetir o que você mais ouvem de nossa parte: Nós vivemos por fé. Fé não é para ser entendida e eu sei que, para vocês, isso é muito revoltante. Nossa definição de fé é "convicção daquilo que se espera e certeza das coisas que não se veem". É assim que nós vivemos. Não é uma ciência. Nós experimentamos coisas sobrenaturais, amor sobrenatural e encontramos, nisso, o sentido para nossas vidas. É algo bem pessoal, de fato. Não podemos provar nem explicar. Apenas viver... E testemunhar.
    Eu sei que sou apenas uma cristã adolescente do século XXI, minhas palavras podem não ser tão importantes. Mas, honestamente, sinto muito pelo tempo em que a igreja oprimiu o conhecimento e a evolução humana (Sim, acredito que, com o tempo, pessoas evoluem, embora não exatamente da forma como vocês especulam). O conhecimento é um dom divino (foi um trocadilho) e deve ser difundido. Então vão lá, estudem! Procurem saber a origem da vida, cresçam, tornem esse mundo um lugar melhor. Convenhamos, ateus e cristãos concordam que o mundo é finito. Então, que seja bom enquanto dure, a questão não é essa.
    A questão é, apenas, que as teorias ateístas são fundamentadas por provas (insuficientes, diga-se de passagem) e a fé cristã é fundamentada por experiências pessoais (que, em um contexto sociológico, não deixam de ser relevantes para quem vive). Vamos nos respeitar, pelo amor de Deus (podem considerar outro trocadilho). Cristãos, parem de ofender os ateus. Respeitem o livre arbítrio que Deus nos deu. Orem àquele que, cremos, convence o homem do pecado, da justiça e do juízo e parem de fazer força para impor a sua fé. Deixem a inconstância, vivam o que pregam e verão resultados!
    E, aos ateus: Continuem estudando, evoluindo. Quem sabe um dia vocês não possam, como nós, experimentar um toque do Espírito Santo e ter todas as convicções confundidas? Quem sabe? Não se sintam ofendidos. É só mais uma teoria.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons