quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Sonda é bem-sucedida em manobra para analisar núcleo de cometa

A Nasa, a agência espacial americana, aproximou com sucesso a sonda Deep Impact do cometa Hartley 2 nesta quinta-feira (4/11/2010).

Gravura mostra Deep Impact passando pelo cometa Hartley 2 (ilustração: Nasa)

O objetivo do projeto, batizado EPOXI, é analisar o núcleo de um cometa pequenino mas hiperativo, caracterizado pela liberação de jatos de gases que podem até alterar sua trajetória.

A Deep Impact chegou a 700 quilômetros do "alvo" a uma velocidade relativa (considerando o movimento da nave e do cometa) de 12 km por segundo.

Uma das primeiras imagens enviadas pela sonda para a base da missão (reprodução)

Oito minutos antes da maior aproximação, às 11h59 (hora de Brasília), a antena da nave foi apontada para a Terra e começou a descarregar memória de seu computador de bordo, liberando pacotes de dados técnicos sobre as condições da sonda.

Cerca de 20 minutos depois, as primeiras imagens do encontro cruzaram os 37 milhões de quilômetros da Deep Impact até a rede de antenas do projeto, posicionadas em Goldstone, Califórnia.

O Hartley 2, em imagem enviada pela sonda Deep Impact (Foto: Nasa / JPL-Caltech)

A primeira imagem do Hartley 2 chegou à base da missão, o Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa em Pasadena, Califórnia, às 13h01 (hora de Brasília). A sequência completa está disponível no site da Nasa.

Primeira imagem do 'encontro' com o cometa Hartley 2 chegou às 13h01 de Brasília (ilustração: Nasa / JPL-Caltech)

Há cinco anos, a Deep Impact disparou um objeto contra o cometa Tempel 1para colher dados sobre seu núcleo. Foi a primeira vez que informações sobre o núcleo de um cometa foram obtidas.

Fonte:
http://g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons