quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Observação do cometa Hartley 2 esbarra em condições não muito favoráveis no Brasil

Uma notícia nada boa para quem perdeu o Hartley 2 na madrugada desta quinta-feira: as condições para observar o cometa no Brasil estão tampouco favoráveis.

Imagem do cometa Hartley 2 fornecida pela agência espacial norte-americana; o corpo celeste tem 1,2 km de diâmetro

O professor Roberto Costa, do Departamento de Astronomia da USP, explica que o cometa se move lentamente e poderá ser visto até o início de novembro, mas uma combinação de fatores pode estragar a festa dos observadores brasileiros.

Pela sua localização, o Hartley 2 é mais visível em países do hemisfério Norte. Ele também é semelhante a uma estrela fraca e sua observação é difícil. E, por fim, nesta sexta-feira começa a fase da lua cheia, o que dificultará a visualização do objeto.

O dia mais propício para ver o cometa é na próxima quinta-feira (28), quando estará mais próximo do Sol e seu corpo celestre alcançará seu brilho máximo.

O professor recomenda usar um tripé junto com o telescópio doméstico para melhor observar o cometa, que estará na constelação Auriga (ou Cocheiro) até o dia 25 e na de Gêmeos depois dessa data. De acordo com ele, o horário indicado é por volta da meia-noite.

Vale lembrar que objetos celestes de pouca luz são difíceis de ver se a pessoa estiver na cidade, por causa da iluminação artificial. Os melhores pontos são fora dos centros urbanos.

Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons