terça-feira, 12 de outubro de 2010

Entenda como são formados os gêiseres em lua de Saturno

Os misteriosos jatos de água na região polar sul da lua Enceladus, que orbita Saturno, ganharam explicação a partir de um modelo criado pela Nasa - a agência espacial americana: agua borbulhante.

Sonda registra imagens de gêiseres na lua Enceladus, de Saturno

A sonda Cassini, que investiga Saturno, seus anéis e luas, havia detectado sais de sódio e potássio e carbonatos, que indicavam a existência de um subsuperfície oceânica, além de calor na área. A partir desses dados, os cientistas criaram um modelo que explicaria os estranhos sprays de Enceladus.

O gráfico na imagem acima mostra bolhas nas águas da subsuperfície que passam por uma crosta de gelo e "alimentam" o gêiser. A água volta para a subsuperfície por fendas no gelo. Os sprays são formados de partículas de gelo, vapor de água e compostos orgânicos e são a marca de uma das mais incomuns luas do Sistema Solar.


Gráfico mostra a explicação sobre como são formados os gêiseres em lua de Saturno
Foto: Nasa/Divulgação

A água fica localizada na subsuperfície da lua Enceladus, e é levemente borbulhante


As bolhas passam por crosta de gelo existente, o que alimenta o gêiser


Depois, a água volta para a subsuperfície por meio de fendas no gelo


A sonda já registrou outras imagens curiosas, como este eclipse de Saturno realizado pela lua Mimas (pequeno ponto escuro)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons